Tese: Raízes do turismo no território do vinho: Bento Gonçalves e Garibaldi – 1870 a 1960 (RS/Brasil)

Interessado no desenvolvimento do enoturismo brasileiro? Você precisa ler esta tese!

Vander Valduga, apesar de ser um jovem pesquisador, é referência quando se trata de enoturismo no Brasil. Em sua tese de doutorado “Raízes do turismo no território do vinho: Bento Gonçalves e Garibaldi – 1870 a 1960 (RS/Brasil)”, defendida em 2011 no Programa de Pós-Graduação em Geografia (UFRGS), o pesquisador analisa as relações entre a vitivinicultura e a turistificação do espaço do vinho nos municípios de Bento Gonçalves e Garibaldi (RS).

A partir de uma pesquisa de caráter histórico, que abrange uma janela cronológica que se inicia em 1870 (início da ocupação italiana na região) e se encerra em 1960 (período marcado pela dinamização do processo de turistificação e expansão da produção vinícola local), Vander se utiliza de uma série de fontes (e da análise de conteúdo para tratá-las) e termina por desenhar uma interessante análise do desenvolvimento do enoturismo no país.

Quer acessar a tese na íntegra? Clique aqui

Anúncios